Os Avanços Da Medicina Estética - Novas Tecnologias

TEXTO DRA. ESTELA FRANZON

Fisioterapeuta dermatofuncional  -  Clínica Nautilus

Artigo Saúde - Revista Graciosa Country Club 

O Calor e a proximidade do verão aumentam em 90% o número de pacientes - homens e mulheres - em busca
de tratamentos estéticos que além de garantir uma aparência mais saudável ao corpo, proporciona sensação de bem-estar e autoestima. Felizmente, a tecnologia também está a serviço da medicina estética e da fisioterapia dermatofuncional. A cada ano, fruto de intensas pesquisas científicas, novas técnicas, procedimentos e aparelhos surgem para retardar a ação do tempo, valorizar o contorno corporal e, principalmente, refinar a textura da pele.

As tecnologias voltadas exclusivamente aos tratamentos estéticos são inúmeras. Todas elas foram desenvolvidas por indústrias líderes de mercado, que as aperfeiçoam baseadas em evidências, práticas clínicas e resultados, possibilitando ao médico e fisioterapeuta oferecerem soluções avançadas para as mais diversas queixas de seus pacientes.

Nesta época do ano, os problemas que mais incomodam são a gordura localizada, fibroedema gelóide (celulite), flacidez tissular e associações. A gordura localizada pode ser entendida como hipertrofia das células adiposas quando do tamanho dos adipócitos e/ou hiperplasia dos adipócitos, referente a quantidade de adipócitos. A gordura citada agora é aquela subcutânea, hipodérmica e não a gordura visceral, presente entre os órgãos. O fibroedema gelóide (FEG), conhecido popularmente como celulite, pode ser descrito como um processo distrófico que envolve modificações macro e microestruturais, dos elementos presentes na epiderme, derme e hipoderme. Ocorre sobretudo nas mulheres, provocando alterações no relevo cutâneo, modificações morfológicas, histoquímicas, bioquímicas e estruturais nos adipócitos, além de alterações na derme e na microcirculação.

A flacidez tissular é algo natural proveniente do envelhecimento e também por fatores externos, como emagrecimento rápido, gestações, exposição solar excessiva, má alimentação e tabagismo. Ao longo do tempo, as fibras de colágeno e elastina, proteínas responsáveis pela sustentação da pele são degradadas a uma velocidade maior do que são produzidas. A partir dos 25 anos já é possível notar a queda da produção, não só em relação à quantidade, mas também à qualidade, gerando uma pele mais flácida e com estrutura
comprometida. 
O VelaShape III - Syneron Medical Ltd, citado em mais de 40 estudos clínicos, é atualmente a tecnologia de ponta indicada para tratar as queixas mencionadas anteriormente. A máquina pode atuar nas regiões do abdômen, flancos, braços, coxas, glúteos panturrilhas e gordura infra glútea (a famosa bananinha), combina radiofrequência, energia infravermelha, vácuo pulsado e massagem mecânica distribuídos por 3 ponteiras, utilizadas de acordo com a avaliação profissional. E o mais surpreendente é o fato de o tratamento ser indolor e garantir resultados nunca antes alcançados por equipamentos da área estética.
A combinação das tecnologias do VelaShape III proporciona um aquecimento interno da derme e hipoderme, aumenta o metabolismo e provoca o efeito chamado apoptose, que é a morte celular programada dos adipócitos. O aparelho também estimula os fibroblastos para produção de colágeno e elastina, diminuindo gradativamente a flacidez tissular. Além de tudo isso, melhora o fluxo sanguíneo e linfático, fazendo reabsorção de edemas e retenção de líquidos, estimulando o aumento do aporte de oxigênio e intercâmbio
celular, além de soltar as camadas cutâneas e subcutâneas que dão o aspecto de ‘’casca de laranja’’ na superfície da pele.

As aplicações acontecem a cada 15 dias. Recomenda-se 4 sessões, podendo variar para mais ou menos, de acordo com cada paciente. O procedimento não traz desconforto e é tolerado com tranquilidade pelo paciente, desencadeando uma sensação de calor intenso, já que as temperaturas utilizadas variam de 42° a 45°C.
Vale lembrar que há algumas contraindicações para o tratamento, como por exemplo, presença de implantes metálicos na região a ser tratada, marcapassos e desfibriladores internos, distúrbios cardíacos e endócrinos e gestantes.
Post AnteriorSaúde E Estética Íntima Para Mulheres
Próximo Post O Plano De Tratamento Correto Para O Paciente Sensato