Saúde E Estética Íntima Para Mulheres

TEXTO DRA. JULIANE KERECZ

Fisioterapeuta dermatofuncional e pélvica - Clínica Nautilus

Artigo - Saúde Revista Graciosa Country Club


Comum também em mulheres jovens, por fatores exógenos, assim como outras áreas do corpo, a região íntima também sofre envelhecimento intrínseco, e uma das principais queixas relacionadas é a flacidez tissular (da pele) e muscular. O Períneo é o grupo de pequenos músculos que “fecham” a pelve, sustentando a bexiga, uretra, vagina e ânus, que é afetado por diversos fatores que corroboram para a disfunção deste grupo muscular, resultando em comprometimento na função de continência (urinária e fecal) e também em disfunções sexuais, causadas não só por flacidez muscular, mas também por tensão nesta musculatura, decorrente de traumas de intervenções cirúrgicas, por exemplo, ou lesão da musculatura próxima.

Exercícios de impacto, ou exercícios que aumentem muito a pressão abdominal - num quadro onde a musculatura pélvica (períneo) é ineficiente - são causas que levam mulheres jovens buscarem por tratamentos que restaurem a função de continência. Já, um quadro de “hipotrofia/atrofia” ou comprometimento da qualidade da contração muscular desta região são responsáveis pelas demais queixas.

A literatura constatou que uma em cada 3 mulheres possui ou apresentará queixa de disfunção nesta musculatura. Para recuperar a funcionalidade, a fisioterapia pélvica traz treinamento - pensado como musculação - só que voltado para estes pequenos músculos, com exercícios íntimos realizados com o auxílio de um computador (biofeedback), com a paciente acompanhando o treinamento e certificando-se de que está realizando o movimento de maneira correta.

Há oferta de tratamentos à laser para mudar a qualidade do tecido do canal vaginal, que podem ser utilizados em casos classificados como leves à moderados, ou ainda intervenção cirúrgica, ambas as alternativas podem ser evitadas se a Fisioterapia Pélvica for iniciada no momento ideal, adotada rotineiramente, evitando técnicas paliativas a longo prazo, proposta esta que é amplamente difundida e estudada na comunidade européia, que possui média de fatores intervenientes (parto normal) maior que a nossa. “O rejuvenescimento íntimo ainda é um tratamento muito recente no Brasil, mas tem deixado de ser um tabu, principalmente porque abrange tanto questões funcionais como estéticas.

O envelhecimento natural impõe modificações na genitália feminina com redução da gordura subcutânea, escurecimento e pigmentação da pele,redução da elasticidade e hidratação dérmica. Aplicações de radiofrequência, lasers, PRP (plasma rico em plaquetas) e ácido hialurônico melhoram o aspecto e a volumização dessa área. Com uma intervenção minimamente invasiva é possível modelar e rejuvenescer a zona genital da paciente, devolvendo as características estéticas e funcionais de uma mulher jovem. Um novo tratamento chamado de G Spotplasty ou G Spot Amplification está sendo aplicado nos melhores centros médicos da Europa. A aplicação de ácido hialurônico no “ponto G” melhora e aumenta a sensibilidade feminina, trazendo novamente a vivacidade da saúde sexual da mulher, contribuindo para o resgate e melhora da autoestima. “ explica Dr. Sacha Gulin Crivellaro, médico esteta.

A Radiofrequência, a Carboxiterapia, o Microagulhamento, Plasma Rico em Plaquetas, Laser de Alta Potencia Ablativo ou não, Preenchimentos com ácido hialurônico (com objetivo de melhorar a flacidez local), Peeling´s, e Laser de Alta Potência com objetivo de clarear a região, além da própria depilação a laser ou com luz pulsada, bastante difundida no mercado, e até mesmo a toxina botulínica em caso de pessoas que apresentam sudorese excessiva na região inguinal.

Nunca se ouviu falar tanto em saúde e estética íntima, e nem tantas tecnologias foram desenvolvidas para tratamentos dessa área. O sucesso dos procedimentos está na conciliação e otimização da funcionalidade e da estética da região.

Post AnteriorO Envelhecimento Na Contemporaneidade
Próximo Post Os Avanços Da Medicina Estética - Novas Tecnologias