Telefone: (41) 3013-7213 | (41) 99930-0284

Clínica Nautilus

10 dezembro 2021

Nenhum comentário

Quais os procedimentos para remover o melasma?

As manchas escuras que aparecem no corpo e no rosto, conhecidas como melasma, podem causar muitos incômodos em homens e mulheres, resultando até mesmo em problemas de autoestima e de confiança.

Mas como é possível reduzir o melasma e acabar de vez com o incômodo causado pelas manchas escuras?

Acompanhe no artigo os melhores procedimentos para remover as manchas e reduzir o aparecimento do melasma.

O que é melasma?

Melasma é uma condição crônica e que já vem descrita no código genético do paciente, que causa a hiperpigmentação de determinadas áreas da pele expostas à luz solar.

Em outras palavras, o melasma é uma disfunção na pigmentação da pele devido à grande concentração de melanina que pode afetar a face — testa, maçãs, nariz e região do buço — e outras regiões do corpo, como colo, pescoço e braços (melasma extrafacial).

Ou seja, o melasma representa o escurecimento da pele devido ao aumento na produção da melanina.

Apesar da condição afetar mais frequentemente as mulheres, principalmente em idade fértil (cerca de 90% dos pacientes são mulheres), o melasma também pode atingir o público masculino (em torno de 10% dos pacientes).

As manchas características do melasma costumam ser escuras ou acastanhadas e apresentam formatos irregulares e bem definidos. Mas apesar de não serem prejudiciais para o corpo, estas manchas podem gerar incômodos estéticos e afetar a autoestima de mulheres e homens.

O melasma é mais comum em regiões do corpo afetadas pela incidência de luz solar, como o rosto. Outra curiosidade é que a doença é mais comum em latino-americanos, hispânicos e asiáticos, pessoas que vivem em locais bastante afetados pela radiação ultravioleta.

Os principais agentes causadores do melasma são:

  • exposição à luz: radiação ultravioleta (raios solares), luz visível e radiação infravermelha podem desencadear o surgimento das manchas.
  • genética: casos de melasma na família podem indicar uma predisposição para a condição.
  • alterações hormonais: o uso de anticoncepcionais, a realização de reposição hormonal e alterações hormonais causadas pela gravidez ou por disfunção na tireóide podem favorecer o aparecimento das manchas.
  • uso de remédios e cosméticos que possuem agentes fototóxicos: o uso de substâncias que tornam a pele sensível aos raios ultravioletas podem desencadear o melasma.

Tipos de melasma
A condição afeta a pele de maneiras diferentes, e pode ser classificada em três categorias: epidérmica ou superficial, dérmica ou profunda e forma mista. Conheça mais sobre cada uma deles:

1. Epidérmica: as manchas atingem a camada protetora e mais superficial da pele.

2. Dérmica: o melasma atinge a derme superficial e profunda da pele (camada intermediária).

3. Mista: as manchas surgem tanto na derme quanto na epiderme.

Como tratar o melasma?

O melasma é uma doença que não tem cura. Porém, ele pode ser controlado por meio de diversos tratamentos médicos estéticos.

Conheça os procedimentos mais indicados para reduzir o melasma e remover as tão incômodas manchas escuras.

1. Laser Spectra XT®

O tratamento Spectra XT conta com Laser Nd:YAG não ablativo (atinge as camadas mais superficiais da pele) e que apresenta cinco formas distintas de entrega para tratar as mais variadas condições de pele do rosto, pescoço, colo e região íntima.

O laser Spectra XT permite a distribuição uniforme de energia no local a ser tratado, garantindo maior precisão e alta potência ao procedimento.

Este tratamento é indicado para todos os fototipos para tratar a hiperpigmentação pós-inflamatória da região dos olhos e olheiras pigmentar e vascular, resultando na uniformização da tonalidade da pele e na redução das olheiras.

2. Microagulhamento

O microagulhamento é uma técnica que utiliza diversas agulhas em um roller para perfurar as camadas da pele e desencadear um processo inflamatório controlado.

Este tratamento estimula o organismo a se regenerar e a clarear a pele de maneira uniforme, promovendo uma pele mais bonita e de melhor textura.

3. Peeling

O peeling é um procedimento estético indicado para estimular e acelerar o processo de renovação celular, tratando diversas condições de pele, como o melasma.

Este tratamento utiliza agentes químicos, físicos ou mecânicos, atingindo a pele de forma superficial, média ou profunda para clarear manchas e promover a uniformização da tonalidade da pele.

Realize o seu tratamento na Clínica Nautilus!

Se você deseja acabar com o incômodo das manchas de melasma, realize o seu tratamento médico estético na Clínica Nautilus, um espaço voltado ao bem-estar, à estética e à qualidade de vida.

A Nautilus reúne uma equipe de profissionais totalmente capacitada e orientada pelo Dr. Sacha Gulin Crivellaro, médico esteta responsável pela clínica e membro de diversas organizações da área da medicina.

Todos os tratamentos estéticos que mostramos hoje são realizados pela Clínica Nautilus, em um ambiente totalmente equipado, confortável e seguro.

As sessões são acompanhadas pelo Dr. Sacha e cada paciente recebe um atendimento personalizado voltado para suas necessidades e características corporais.

Entre em contato conosco e agende uma avaliação profissional.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *